UBER e 99TÁXI entram no combate contra a violência sexual

A cada 11 minutos, uma mulher é estuprada no Brasil. 85% das mulheres brasileiras afirmam que já deixaram sair por medo de sofrerem violência sexual. O Brasil é o quinto país que mais mata mulheres no mundo.

E é por isso, que em homenagem ao Mês da Mulher, a UBER e a 99TÁXI criaram campanhas de conscientização para os motoristas. Os casos de abuso sexual dentro dos carros estão se tornando frequentes. Dessa forma, as empresas esperam contribuir para o decréscimo desses dados alarmantes.

UBER e Revista CLÁUDIA

A empresa de frota de carros se uniu com a Revista CLÁUDIA para a produção de um livro educativo, com várias dicas, de como o motorista deve se portar durante uma corrida e até de como agir caso uma mulher esteja sofrendo abuso pelo companheiro.

A cartilha já está sendo distribuída nos centros de atendimentos da UBER em todo o país. E a versão digital foi disponibilizada para todos os motoristas homens. Além disso, as equipes da CLÁUDIA estão ministrando palestras em São Paulo, Rio de Janeiro e Recife, juntamente com a ONU Mulheres.

99TÁXI e Vamos Juntas?

A empresa de táxi fez muito além da conscientização. Na nova atualização do aplicativo, as mulheres encontram a opção “Motorista Mulher”.

Em parceria com a campanha Vamos Juntas?, da jornalista Babi Souza, a 99 está promovendo palestras presenciais e online com orientações a respeito do tema, além de distribuir uma cartilha em todos os veículos. Os motoristas que participam da campanha, ganham um selo de qualidade.

A Catraca Livre conversou com Babi Souza, que afirmou sobre a importância desse movimento. “Um ato simples como este pode evitar uma situação delicada”. Confira mais detalhes da entrevista aqui.

Imagem – correioweb.com

Alexa Simon

É estudante de Jornalismo. No Roteiro Alternativo é responsável pela produção de conteúdo e manutenção do site.