Renan Calheiros renuncia liderança do PMDB

O senador Renan Calheiros (AL), entregou o cargo de líder do partido PMDB na tarde da última quarta feira (28). Renan chamou alguns senadores do partido peemedebista na manhã de ontem para comunicar sua decisão. Fato é que nos bastidores, o PMDB já acenava com a possibilidade de troca do senador, a saída de Renan já tinha sido debatida duas vezes, após críticas do Alagoano ao Palácio do Planalto.

Em apuração da Folha, o senador tomou esta decisão devido a um atrito criado com o presidente Michel Temer, após críticas ao seu governo e à agenda de reformas. Renan discursou no plenário no dia 27, terça feira, e criticou a forma de governar do atual presidente e ainda solicitou ao mesmo que deixe a presidência seguindo recomendações de Fernando Henrique Cardoso.

Renan realizou um pronunciamento oficial na tarde de ontem. “Não estou disposto a liderar o PMDB atuando contra os trabalhadores e estados mais pobres da Federação” e completou “Não vou ceder a um governo que trata o partido como um departamento do poder executivo. Não tenho menor vocação para marionete”.

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O discurso gerou bate boca no instante em que Renan considerou que Michel Temer, devido aos escândalos, teria perdido a confiança da sociedade, portanto, não teria condições de continuar com a reforma trabalhista.

Temer não tem mais a confiança da sociedade, para fazer uma reforma como esta na calada da noite”

Em outro momento do discurso, Renan afirmou que o presidente errou ao pensar que poderia governar o país com influências do ex-presidente da câmara dos deputados, Eduardo Cunha, preso na operação Lava Jato. “Achar que poderia governar o Brasil, influenciado por um presidiário em Curitiba” afirmou.

Um provável nome para substituir Renan na liderança do PMDB no senado, é o senador Garibaldi Alves (RN), que fez consultas ao partido para saber se teria apoio para a nova função.

 

 

 

 

 

 

 

Guilherme Lorran

É estudante de Relações Públicas. No Roteiro Alternativo, atua como repórter.