Orquestra Uirapuru se apresenta de forma interativa em BH

Fundada em 2003, a Orquestra Uirapuru traz uma nova proposta para a música erudita: a aproximação com o público. Com um repertório que vai do chorinho ao rock, promete encantar os mais diversos públicos nas suas apresentações.

Beneficiada pela Fundação Municipal de Cultura, através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte, a Orquestra Uirapuru realiza no dia 25 de junho a abertura do projeto Encontro Musical 2017, que recebeu esse nome pra demonstrar a interação com o público. “É literalmente uma conversa, o público tem a oportunidade de perguntar, o público fica a vontade” afirmou a regente- fundadora do projeto, Marisa Moraes.

Para conseguir essa interação e trazer o público para esse novo universo, a orquestra aposta em trilhas sonoras aclamadas pelo próprio público e também por chorinho, tango, rock e outros ritmos vibrantes, buscando a identificação e proximidade entre o artista. “Para nos aproximar com o público temos que colocar aquilo que o público conhece. A gente traz uma música que o público gosta e passa pra algo que queremos que o público conheça no caso a música erudita” conta Marisa.

O principal diferencial do Uirapuru para as outras orquestras é a promoção de um espetáculo interativo e dinâmico, explicando ao público como funciona a orquestra, ensinando a diferença entre os instrumentos, os naipes, o que cada um faz no conjunto, o papel do regente e sobre as músicas que vão tocar.

Apesar de ainda se ter muito preconceito com a música erudita, Marisa conta que já consegue ver maior adesão do público: “A gente tem conseguido que esse pessoal vá ao teatro e considero isso uma grande vitória. Na última orquestra voltada pra crianças, tinham 800 crianças cantando Frozen e quase não dava para ouvir a orquestra em si. E é isso que queremos, oferecer para o público um lazer diferente e mostrar que não são pessoas muito ricas e eruditas que frequenta o teatro. Qualquer um pode ir, ouvir e gostar”.

O próximo concerto será no dia 25 de junho, às 10 horas, na Paróquia Santo Afonso de Ligório, Praça Muqui, Bairro Renascença. A classificação é livre e a entrada é franca.

Para acompanhar a agenda da Orquestra Uirapuru e saber mais sobre os próximos concertos é só visitar o site www.uirapurubh.com ou a página facebook.com/uirapuru2011.

Veja:

 

Chiara Ribeiro

É estudante de Jornalismo. Atua no Roteiro Alternativo como cooperado de mídias sociais e repórter.