O mistério sobre a saúde do ex-piloto e multicampeão Michael Schumacher

Pouco se sabe sobre a saúde do ex-piloto Michael Schumacher. Foi decisão da família manter notícias sobre sua recuperação em sigilo, alegando ser um assunto particular e que a publicitação poderia prejudicar sua recuperação.

Foto: Pietro Naj-Oleari/ European Parliament (11/05/2011)

Um dos grandes nomes do automobilismo até hoje sofreu um acidente nos Alpes Franceses enquanto esquiava em dezembro de 2013. Sabe-se que o piloto bateu a cabeça em uma rocha, e ficou cerca de seis meses em coma. Depois disso, teria sido transferido para sua mansão em Gland, na Suíça.

Algumas informações saíram na imprensa, mas nenhuma foi confirmada. A família do atleta chegou a processar alguns meios de comunicação por notícias falsas. Foi então que descobriu-se em 2016, através do advogado Felix Damm, que Michael Schumacher não poderia mais andar. Essa foi a primeira informação oficial desde o início de sua recuperação.

Desde então, o heptacampeão da Fórmula 1 continua em casa em reabilitação, com amparo médico 24 horas por dia. Segundo o portal de notícias Daily Star, os gastos com seu tratamento já passaram dos 20 milhões de euros em três anos.

Curiosidade RA

  • No final de 2016, a família criou contas públicas no Instagram e no Facebook, mas nenhuma delas noticia o estado de saúde do piloto, só relembra seus títulos e grandes memórias.

Luiza Fiorese

É aluna de jornalismo. Atua como Diretora de Jornalismo, repórter e roteirista.