No estadual, Cruzeiro levou mais que o dobro de torcedores ao estádio que o rival

Um dos maiores destaques do título mineiro de 2018, conquistado pelo Cruzeiro, foi a quantidade de torcedores celestes que compareceram ao Mineirão ao longo do campeonato. No total, foram 305.933 presentes ao decorrer das nove partidas cujo mando foi azul e branco. Em comparação ao rival, Atlético-MG, a Raposa levou mais que o dobro de torcedores ao estádio, uma vez que o alvinegro totalizou um público de 144.431, nos oito confrontos disputados na Arena Independência.

49.906 torcedores acompanharam a vitória do Cruzeiro por 2 x 0, em cima do Atlético-MG (Foto: Agência i7/Mineirão)

A partir de promoções que possibilitaram a compra de ingressos a preços populares, o preço médio do tíquete ficou em R$ 17,52. Dessa forma, o Mineirão presenciou, aproximadamente, 20 mil pessoas em apenas duas partidas: Cruzeiro x Boa, 17.671 e Cruzeiro x Patrocinense, 16.603.

O maior público presente foi registrado no confronto diante do América-MG, na 5ª rodada do torneio regional. 50.794 torcedores viram a equipe de Mano Menezes vencer o Coelho por 1 x 0.

O campeão mineiro conseguiu obter uma média de 33.992 torcedores presentes por jogo e 30.917 pagantes. No último ano, 20.571 cruzeirenses foram, em média, ao estádio, durante a competição estadual.

Torcida cruzeirense com bandeiras de mastro na final do Campeonato Mineiro. (Foto: Agência i7/Mineirão)

De acordo com Cleiton Silva, sócio torcedor, o principal motivo de o Cruzeiro ter alcançado públicos tão elevados foi a manutenção da comissão técnica, que desencadeou no fortalecimento do elenco e fomentou a sintonia entre torcida, diretoria e jogadores. “Uma conquista como a do Mineiro, atingindo mais de 300 mil torcedores, só mostra como um time forte e competitivo atrai o torcedor”, afirma.

O cruzeirense frisa, também, a importância dos preços mais acessíveis e destaca o programa de sócio torcedor. “As vantagens de ser sócio estão mais evidentes a cada partida. Então, com preços mais acessíveis, fez com que aumentasse o público nos jogos e no sócio torcedor”, completa.