Marcelo Freixo é acusado machismo pela ex-esposa. Entenda;

A ex-esposa do deputado estadual do Rio de Janeiro Marcelo Freixo (PSOL-RJ), Priscilla Soares, publicou um texto em seu Instagram acusando Marcelo de machismo. “Passei anos me dedicando a uma relação de exposição, de julgamentos”, diz trecho.

Segundo informações do Diário Rio, Priscilla alterou a privacidade de sua conta para privada, após a publicação do texto. “Precisava dizer tudo isso, pois o silêncio pode ser opressor. É violento”, e completa, “Tenho me afastado desse cenário de falsas relações e afetos desde então, mas continuo sendo associada ao então deputado Freixo”.

Ao longo da carta, Priscilla comenta que foi alvo de comentários machistas em roda de conversa de Freixo com os amigos. “Passei a ser caluniada, supostamente, por ele e seus companheiros de partido, o clã dos esquerdo-machos”, conta. Além disso, Soares aponta que o deputado vive em controvérsias ideológicas, “Um perverso paradoxo político, no sentido de que sem feminismo não há “esquerda” e sem “esquerda” não há feminismo”.

Durante a campanha para a prefeitura do Rio de Janeiro, Marcelo Freixo criticou o adversário, Pedro Paulo Crivella (PMDB), acusado de agredir a ex-mulher.

Em seu Facebook, o deputado publicou um vídeo em resposta à denúncia. “A minha relação com a Priscilla, minha ex-companheira, foi uma relação de muito afeto, cuidado e de muito carinho”, diz. Freixo admite que a luta das mulheres é legítima e que o discurso de dor da ex-mulher deve ser ouvido e respeitado.

Marcelo, em sua defesa, pondera que não foi responsável pelos comentários e quem o fez, “agiu de má fé”.

 

Reprodução: Jornal GGN

 

Alexa Simon

É estudante de Jornalismo. No Roteiro Alternativo é responsável pela produção de conteúdo e manutenção do site.