“Manchetômetro” aponta que a mídia mudou a forma de tratar o Governo

O Manchetômetro realiza um monitoramento da cobertura dos maiores veículos de comunicação do Brasil. A iniciativa partiu de João Feres Jr.,  cientista político e coordenador do Laboratório de Estudos de Mídia e Esfera Pública (LEMEP), da UERJ. O instrumento possibilita que os usuários produzam gráficos, de acordo com partidos, veículos ou temas, para que possam fazer suas próprias análises. Desta maneira, é possível perceber quando há alguma mudança de comportamento dentre vários veículos de comunicação ao mesmo tempo.

Pré-Impeachment e Pós-Impeachment
Através do Manchetômetro, é possível perceber que as notícias contrárias ao Governo Federal começam a cair quando Michel Temer assume o poder, em abril de 2016.
Fonte: Manchetômetro
Apoio a medidas tomadas pelo Governo Temer

Algumas emissoras mudaram suas posturas apenas diminuindo expressivamente as críticas ao Governo após abril de 2016. Outras, além disso, declararam de maneira mais explícita o apoio a algumas medidas tomadas pelo novo Presidente. Foi o caso do SBT, que passou a veicular em sua programação alguns vídeos de apoio a reformas, como a da previdência:

 

Michel Temer também publicou em sua conta oficial do Twitter, um trecho da sua entrevista com o apresentador Ratinho:

 

 

 

Celso Lamounier

É estudante de Jornalismo e Relações Públicas. Idealizador do projeto e membro fundador, atua como repórter, editor e integra a diretoria executiva.