Instituto Transformação atua na vida de jovens através do vôlei

Simbolo do Instituto Transformação.
(Foto: Divulgação/Facebook Instituto Transformação)

Localizado oficialmente em Nova Lima, o Instituto Transformação atua na Escola Evangélica do Vila Estrela, no Morro do Papagaio. Desenvolvido pela ex-jogadora de vôlei Ana Flávia Sanglard, o projeto tem como objetivo  transformar vidas através do esporte e oferecer mais oportunidades às crianças.

A ONG tem o voleibol como esporte principal e possui o projeto Formando Estrelas que tem capacidade para atender 180 crianças de 5 a 16 anos. Dentro desse seguimento, os participantes possuem oportunidades como assistir palestras educativas, aulas de inglês, acompanhamento psicológico, jogos amistosos e excursões para jogos profissionais de vôlei.

O esporte desempenha papéis importantes na vida das crianças e é um agente fundamental na educação. Através das práticas desportivas, o jovem desenvolve maior disciplina e espírito de equipe que, juntamente com o auxílio educacional, proporcionam e estimulam a cidadania. O Instituto Transformação oferece esse trabalho social e humano para seus participantes, buscando ainda a possibilidade de abertura de novos caminhos para os jovens, suas famílias e a sociedade ao seu redor. 

Ana Flávia Sanglard

Iniciou sua carreira aos 11 anos de idade, quando fez testes para jogar no Minas Tênis Clube. Aos 15 anos, a atleta integrou a Seleção Brasileira na categoria infanto-juvenil e conquistou medalha de ouro no Campeonato Sul-Americano realizado em Lima, no Peru. Foi medalhista de ouro pela Seleção Brasileira Juvenil no Campeonato Mundial disputado em 1989 em Lima. Aos 19 anos foi para o elenco principal da Seleção e disputou os Jogos da Amizade, em Seattle, nos Estados Unidos, ficando com o bronze. Em 1994, a jogadora que atuava na posição de central, foi capitã da Seleção que conquistou a prata no Mundial. Foram 22 anos de carreira com prestígio individual e em equipe, atuando no Brasil e em outros países.