Grandes peças teatrais entram em cartaz no CCBB

Belo Horizonte tem se tornado palco de diversos espetáculos teatrais.  As peças atendem a todos os públicos e tem temáticas que vão desde assuntos do dia a dia até grandes acontecimentos da humanidade. No mês de abril e maio, o CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil) traz para o público duas grandes peças, que prometem enriquecer ainda mais o cenário cultural da capital mineira.

“Os Cadernos de Kindzu” estreia no dia 6 de abril, a peça  conta a trajetória do jovem Kindzu, que, para fugir das atrocidades de uma devastadora guerra civil, deixa sua vila e parte para uma viagem. Essa viagem é marcada por vários encontros com outros fugitivos, refugiados e personagens repletos de humanidade que lhe farão viver experiências ancoradas tanto na cultura tradicional do sudeste da África, quanto na vivência de um conflito devastador.


Vem com a gente! Acesse nossos conteúdos através das redes sociais @roteiroalternativo


O espetáculo é dirigido por Ana Teixeira e Stephane Brodt, ambas fazem parte do Amok Teatro, que é uma companhia do Rio de Janeiro, criada em 1998. A exibição vai ser realizada até o dia 8 de maio, com sessões de quinta a segunda, às 19 horas.

Por Daniel Barboza / Cena de “Os Cadernos de Kindzu”.

“Nu de Botas” também estreia em abril. A peça reúne crônicas sobre as passagens mais marcantes da infância do autor Antônio Prata e leva ao palco as primeiras lembranças no quintal de casa, os amigos da vila, o divórcio dos pais, o cometa Halley , os desenhos animados da TV entre outas aventuras da vida do personagem.

As histórias do menino Antônio, que nasceu em São Paulo no final dos anos 70, são inspiradas em fatos reais, narradas do ponto de vista da criança, com os filtros da ficção e permeadas de muito humor. Um olhar infantil, de quem se espanta com o mundo e a ele confere um sentido muito particular –cômico, misterioso, lírico e encantado.

A peça entra em cartaz no dia de 7 de abril e permanece até o dia 1 de maio, de sexta a segunda, às 20h, sendo que aos sábados serão duas sessões, a primeira às 18h e a segunda às 20h.

Os ingresso de ambas as peças podem ser adquiridos na bilheteria do CCBB, na Praça da Liberdade . Valor:  Inteira -R$20 / Meia R$ 10.

Foto: Renato Mangolin / Cena de “Nu de Botas”.

 

Via  CCBB-BH.

Chiara Ribeiro

É estudante de Jornalismo. Atua no Roteiro Alternativo como cooperado de mídias sociais e repórter.