Fred vive seca de gols após grande fase em 2017

O atacante Fred parecia viver uma época de ouro em sua carreira. A temporada de 2017 começou com glórias para o camisa 9: em seus 13 primeiros jogos, foram 16 gols marcados ou seja, um aproveitamento de 1,23 gols por partida. Era a maior média entre todos os jogadores do mundo até então, à frente de todos os “grandes”, inclusive os da Europa, segundo um levantamento feito pelo SuperEsportes.

Fred passa por seca depois de boa fase, desde que chegou na Cidade do Galo. (Foto: Bruno Cantini)

No entanto, os últimos jogos têm sido complicados para o jogador no que diz respeito à balançar as redes. Fred fez um gol nos últimos nove jogos que disputou.

Esse número chega perto de sua maior seca depois que voltou ao futebol brasileiro. Em 2016, ainda jogando pelo Fluminense, o atacante ficou 10 jogos sem marcar um gol sequer. 

Mas os números ruins não são, necessariamente, sinônimos de desespero. Nesses dois casos o atacante contou com o apoio dos companheiros de clube. No Fluminense, Fred continuava sendo exaltado pela referência técnica e liderança. No caso do Atlético, nesses últimos jogos, o centro-avante deu boas assistências para seus companheiros, como a que resultou no gol de Elias, contra o Flamengo no Maracanã. Relembre a jogada:

Luiza Fiorese

É aluna de jornalismo. Atua como Diretora de Jornalismo, repórter e roteirista.