Festival Internacional de Teatro agita a capital mineira

Foto do Espetáculo Argentino “Arde Brinllant en los bosques de la noche”(Foto: Flickr / FIT BH)

O FIT BH, Festival Internacional de Teatro, teve sua primeira edição no ano de 1994, com o intuito de marcar Belo Horizonte no cenário internacional das artes cênicas. Vinte e quatro anos depois, o Festival volta a BH com a sua 14ª edição. Do dia 13 a 23  de setembro, o evento ocorre por diversos espaços da capital mineira e proporciona uma grande troca cultural entre o público e os artistas. A programação conta com nove espetáculos internacionais e onze nacionais, tendo a curadoria de Grace Passô, Luciana Romagnolli e Soraya Martins.

Os dez dias recheados de cultura se iniciaram no Parque Municipal, dia 13 de setembro, às 19 horas, com apresentação de “Batucada”. E a ideia para esse ano, é abordar a cena nordestina e as imigrações forçadas africanas, com debates estéticos e políticos sobre questões étnico-raciais e de gênero. As apresentações visam abordar e promover reflexão quanto a realidade enfrentada pelo país e sobre os processos de colonização. 

Para os artistas, o FIT é uma oportunidade de mostrar o trabalho desenvolvido e tornar os cidadãos mais próximos a cultura local. Felipe Vallavez, ator e graduando em Teatro pela UFMG, contou que “a presença do FIT na cidade proporciona não só a possibilidade de se conseguir visualizar e interagir com trabalhos de criação de outras partes do mundo, como também proporciona um intercâmbio com o cenário internacional das artes. Esse encontro reforça a ideia do coletivo em sua instância, visto que é um festival feito pelo coletivo, a fim de valorizar a troca com o público belo horizontino.” Ele ainda aponta que o evento é abraçado pelas pessoas, o que acaba gerando um grande prestígio pelo trabalho dos atores envolvidos, “uma integração da cidade com as artes e cultura”. 

O festival oferece cursos e projetos para todos os gostos e a programação completa dos espetáculos você confere AQUI.