Etiene: ouro e recorde batido em Mundial de natação

Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

O Mundial de Natação de 2017 que aconteceu em Budapeste, trouxe muitas medalhas para os brasileiros e agora, mais uma marca importante para a história da modalidade: Etiene Medeiros se tornou a primeira brasileira a conquistar um título em Mundial de piscina longa, 50 metros, tendo completado a prova com a marca de 27s14.

Antes do ouro de Etiene, a natação do Brasil já havia faturado seis medalhas no Mundial: três na maratona aquática com Ana Marcela Cunha- ouro nos 25km e bronze nos 5km e nos 10km- e mais três pratas no revezamento 4×100 metros livre e com Nicholas Santos nos 50m borboleta e João Gomes Júnior nos 50 m peito.

Além desse título em Budapeste, Etiene já havia ganhado títulos mundiais na natação em piscina curta, de 25 metros. A pernambucana é a atual bicampeã (2014 e 2016) exatamente nos 50m costas nesta modalidade e também foi ouro no revezamento misto 4×50 metros medley em 2014.

Etiene, que já havia se classificado em primeiro na semifinal, voltou a bater a melhor marca de sua carreira e o recorde sul-americano. Em 2015, no Mundial de Kazan, a nadadora já havia conquistado uma medalha de prata nessa modalidade, além de três ouros, uma prata e um bronze em Mundiais de piscina curta.

Chiara Ribeiro

É estudante de Jornalismo. Atua no Roteiro Alternativo como cooperado de mídias sociais e repórter.