Enem à vista e cheio de mudanças

Os dois dias de prova mais esperados pelos jovens brasileiros têm início no próximo domingo, dia 5.

Foto: Suami Dias/ GOVBA

A edição de 2017 do Exame Nacional do Ensino Médio, Enem, está se aproximando e traz consigo algumas mudanças. A prova acontecerá nos dias 5 e 12 de novembro em todo o país e conta com mais de 6,7 milhões de inscrições confirmadas.

As novas mudanças

No início do ano, o Ministério da Educação, MEC, anunciou novas alterações na prova, que a partir de agora acontecerá em dois domingos, e não somente em um fim de semana. Além disso, as provas serão divididas de um forma diferente das demais edições, sendo no primeiro dia o caderno de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias e Redação e, no segundo dia, Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias.

Na última quinta feira, 26 de outubro, a Justiça Federal suspendeu a regra do Enem que zera redações cujo conteúdo desrespeite os direitos humanos. A suspensão foi acatada em caráter de urgência e já valerá para a edição de 2017, sendo, então, classificada como mais uma mudança nas provas deste ano.

Paulo Henrique Miranda, de 19 anos, que está em seu segundo ano de cursinho, e que sonha com o curso de Medicina em uma Universidade Federal, disse ao RA que essas mudanças têm seus lados positivos e negativos. Segundo ele : “O positivo foi que com a separação do Enem em dois finais de semana, vai ser bom pra descansar entre as duas provas, coisa que não dava pra fazer antes, por serem em dois dias seguidos. O negativo é o fato de que com uma semana entre as provas, a ansiedade aumenta só de pensar na outra parte da prova que acontecerá ainda na outra semana.” Amanda Amorim, de 17 anos, que está no 3º ano do Ensino Médio, endossa a fala de Paulo dizendo que a nova separação dos cadernos de prova ajudou a conciliar os estudos, mas disse que não concorda com a nova regra da redação pois acredita que há motivos justos para textos que desrespeitem os direitos humanos serem zerados, e que não devem ser desconsiderados dessa forma.

Já Esther Sousa, de 18 anos, que faz cursinho, e que quer cursar Arquitetura e Urbanismo na faculdade, disse que não gostou da nova divisão dos cadernos, porque achou que os dias de prova ficaram muito pesados, com muito texto em um dia, e muitas contas matemáticas no outro.

Vale lembrar que o Enem esse ano não valerá para quem quer obter o diploma de Ensino Médio. Nesse caso, o estudante deve realizar o Encceja, Exame Nacional para Certificação de Competência de Jovens e Adultos, que acontecerá no dia 19 de novembro.

A expectativa dos candidatos

Paulo, Esther e Amanda, assim como demais candidatos, compartilham do mesmo sentimento: a ansiedade pelo resultado. O Enem é a prova que definirá os rumos de 2018 para muitos candidatos que se dedicaram este ano inteiro a estudar, e que contam com a nota para ingressarem na faculdade.

Esther e Amanda vêem as provas como uma oportunidade de realizar um sonho que entrar na faculdade. Já Paulo, resume seus sentimentos à uma palavra: dedicação, pois ele acredita que sem ela não há como alcançar seus objetivos.

Todos os candidatos já podem conferir seu local de prova no cartão de confirmação, basta inserir o CPF e a sua senha no site oficial do Enem.

Dica RA:

  •  Fique atento ao horário no dia da prova, temos certeza que você não quer participar do “show dos atrasados” e perder a prova, certo? Uma boa sorte à todos os candidatos.