Dia Nacional das Mulheres! Uma data que reflete a luta das brasileiras

Data genuinamente brasileira, o Dia Nacional das Mulheres, foi criado em 1980 a partir da união de forças das mulheres que lutavam em prol da equidade. O 30 de abril foi escolhido pelo então Conselho Nacional das Mulheres, e foi uma homenagem a data de nascimento de Jerônima Mesquita. Enfermeira e líder de movimentos feministas, Jerônima nasceu em Leopoldina, Minas Gerais, no dia 30 de abril de 1880.

Sua influência feminista veio de sua mãe, Maria José Mesquita, que, viúva aos 35 anos, ocupou-se com a educação dos filhos. Filha mais velha de 5 irmãos, casou-se aos 17 anos, teve um filho e se separou dois anos depois. Durante a Primeira Guerra Mundial, Jerônima foi para a Europa ser voluntária da Cruz Vermelha. De volta ao Brasil, envolveu-se arduamente em lutas feministas.  Participou do movimento sufragista e em comunhão com outras mulheres fundou várias instituições filantrópicas como a Federação das Bandeirantes do Brasil, a Cruz Vermelha Brasileira, a Pró-Matre, o Conselho Nacional de Mulheres do Brasil e a Federação Brasileira pelo Progresso Feminino.

Jerônima Mesquita faleceu no Rio de Janeiro em 1972.  Desde então, as mulheres do Conselho Nacional das Mulheres intensificaram suas lutas almejando a aprovação do Dia Nacional das Mulheres. Em 1980,o projeto foi aprovado e consta no calendário oficial da união pela lei 6.791/80.