Coração Eucarístico acumula casos de violência nos últimos anos

Não é novidade para os alunos da PUC Minas que o bairro Coração Eucarístico está cada vez mais perigoso. Relatos de vítimas de assaltos, assédios e até agressões circulam pelas redes sociais. Algumas dessas declarações, sem identificação, são as seguintes:

Um cara tentou me agarrar, ele veio incitando sexo com a mão pra mim e quando chegou do meu lado veio pra cima de mim tentando me agarrar e me beijar, só que eu corri”

Estava descendo a rua da pracinha, e o cara assaltou a menina na minha frente! Andem rápido e evitem sair sozinhos!”

A PUC Minas informou, através de nota divulgada pela assessoria, que só tomou conhecimento das ocorrências por meio da imprensa. “A PUC Minas mantém permanente relacionamento com a Polícia Militar e Associação de Moradores do Coração Eucarístico (Amocoreu) para buscar cotidianamente ações conjuntas no sentido de melhorar as condições de segurança nas imediações da Instituição. Sobre o fato citado, a Universidade já entrou em contato com a Polícia Militar, solicitando reforço para a segurança no entorno do campus”. Além da nota, outros depoimentos de jovens estudantes da universidade foram disponibilizados pelo Estado de Minas e podem ser lidos aqui.

A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) divulgou no último dia 24 que reforçou o policiamento no bairro Coração Eucarístico, na região Noroeste de Belo Horizonte.

Nada de novo

Casos similares vêm acontecendo na região há muitos anos. Em 2015, na madrugada do dia 8 de agosto, Daniel Adolpho de Melo Vianna, de 23 anos, foi assassinado durante uma calourada de alunos da PUC Minas. O estudante cursava o último período do curso de Direito. Segundo relatos de 6 testemunhas à Polícia Civil, Daniel foi baleado no rosto após esbarrar em Pedro Henrique Costa Lourenço, de 29 anos. Pedro foi condenado a 19 anos de prisão, e o juiz Glauco Soares negou o benefício para recorrer em liberdade, como apurou o EM.

Em janeiro de 2016, numa quarta (13), dois suspeitos foram mortos durante uma tentativa de assalto na região do bairro Coração Eucarístico. Segundo a Polícia Militar, como apurado pelo G1, os homens tentaram roubar um carro de um delegado, que estava acompanhado de sua esposa.

Os criminosos cercaram o casal, efetuaram o assalto, um dos criminosos entrou no veículo e, o outro ficou de fora, sendo um deles ameaçou o policial. O policial efetuou os disparos”, disse o tenente Christian Cantoni.

Para dar sugestões à Amocoreu, Associação de Moradores do Bairro Coração Eucarístico e Região, entre em contato com a página oficial. Em caso de emergência, disque 190 para contactar a Polícia Militar.

Celso Lamounier

É estudante de Jornalismo e Relações Públicas. Idealizador do projeto e membro fundador, atua como repórter, editor e integra a diretoria executiva.