Ciro Gomes sobre esquerda: ‘Só se une na cadeia’

Em evento que reúne políticos e o empresariado mineiro, o pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) concedeu coletiva de imprensa para variados veículos de comunicação da capital. Em resposta exclusiva ao Roteiro Alternativo, o parlamentar afirmou não ver unidade na esquerda brasileira e que os projetos e ideais de governo se divergem.

 A esquerda brasileira na idade só se une na cadeia. Por que a tradição é esta. Não há uma esquerda, há concepções distintas. Por que a gente tem sido capaz nos últimos anos de na hora da polarização se unir. Mas na hora da partida, os projetos são diferentes. O projeto do PT não é o meu é também não era o do Brizola. O trabalhismo foi negado durante anos pelo PT como se eles fossem outro tipo de esquerda que não dava valor e respeito a trajetória  de Getúlio Vargas e outros que ajudaram na Revolução de 30. É a tradição lamentável do Brasil.

Ana Flávia Barbosa e Rafael Carelli

Roteiro Alternativo

Assuntos comuns, ângulos diferentes. Vem com a gente!