Alunos de universidade fazem manifestação contra proibição de cigarro

Estudantes do Prédio 13, da Faculdade de Comunicação e Artes da Puc Minas, protestaram contra as novas medidas que tornam a fiscalização mais rígida em relação ao uso do cigarro nas dependências do prédio.

Imagem: Mariana Spinelli

Em evento no Facebook, os organizadores alegaram que as novas mudanças na faculdade vêm limitando as atividades culturais e destruindo a essência do prédio 13. Agora, com a presença de vigias, os fumantes têm migrado da escada, um lugar aberto, para o Diretório Acadêmico dos cursos de comunicação. Como consequência, o DA fica cada vez mais lotado e gera problemas inclusive entre os que não fumam. Além disso, os idealizadores do movimento afirmaram que a área aberta era utilizada também por professores e funcionários, e nunca causou nenhum problema às pessoas que frequentam o espaço.

Imagem: Mariana Spinelli

O aluno Henrique Lage, que participou da manifestação, explicou seu posicionamento:

Eu sou contra essa medida porque desde que eu entrei no prédio, a escada sempre foi um local de socializar. Fiz muitas amizades ali. Lá os alunos fumam, sem atrapalhar ninguém, num espaço aberto. Sempre foi assim. Não sei o motivo dessa proibição repentina, mas acho que qualquer medida deveria ser comunicada antes aos alunos. Antes os guardas passavam e não faziam nada, então pra gente era algo normal. No protesto de hoje, ficou claro que muita gente pensa assim”, declarou Henrique.

A coordenação do FCA ainda não se pronunciou sobre o caso.

Imagem: Celso Lamounier

Celso Lamounier

É estudante de Jornalismo e Relações Públicas. Idealizador do projeto e membro fundador, atua como repórter, editor e integra a diretoria executiva.