Ministro do STF nega pedido de prisão de Aécio Neves

Por determinação do Supremo Tribunal Federal, Aécio Neves está afastado do Senado. A Procuradoria Geral da República pediu a prisão preventiva do senador, mas o pedido foi negado pelo ministro Edson Fachin.

De acordo como jornal O Globo, Aécio está proibido de sair do país e não pode manter contato com qualquer outra pessoa que seja investigada ou ré no processo. Nesta manhã a Polícia Federal e o Ministério Público Federal (MPF) fazeram buscas na residência do político em Belo Horizonte, em seu apartamento no Rio de Janeiro e, também, no Senado Federal, em Brasília. A operação foi autorizada pelo Supremo.

A irmã do senador, a jornalista Andrea Neves, foi presa hoje pela manhã em Nova Lima, região metropolitana de BH, também por determinação do STF. Andrea é acusada de pedir dinheiro para Joesley Batista (dono da JBS) em nome do irmão (Aécio) – que recebeu R$ 2 milhões do empresário em entrega filmada e registrada.

O primo do senador Aécio Neves, Frederico Pacheco de Medeiros, mais conhecido como Fred, também foi preso na manhã desta quinta-feira. Ele teria sido filmado recebendo 2 milhões de reais do empresário Joesley Batista.

Acompanhe:

Veja também – Manifestações programadas para hoje prometem parar o Brasil

Entenda o caso – Temer articula compra do silêncio de Cunha

Repercussão nas redes sociais – Caso Temer repercute nas redes sociais – veja os memes.

Thomaz Albano

Thomaz Albano é estudante de Jornalismo e membro fundador do Roteiro Alternativo. Aqui no RA atua como repórter, editor e integra a diretoria executiva.