Abrigo animal em Belo Horizonte identifica animais de rua e os resgata de forma voluntária

Milhares de cachorros, gatos e outros animais, são abandonados constantemente nas ruas do país. Neste sábado, 07/04, o abrigo ‘’Cindy & Nina’’ realizará uma feira de adoção com filhotes de gatos, cachorros e cães adultos de porte pequeno. A feira também aceitará doações de roupas e itens de decoração para um próximo bazar, organizado para ajudar na manutenção do abrigo. O evento acontecerá na Avenida Fleming, 800 – BH, de 9h ás 14h.

Beatriz Valente é uma das fundadoras do abrigo junto com sua amiga Anna Júlia Batista. O local já tem cerca de três anos, ela deu detalhes sobre o trabalho exemplar que realiza. Beatriz contou que a prioridade da organização é resgatar as ‘’mãezinhas’’, pois quando você resgata uma cachorra prenha, é resgatado sete cachorros de uma vez só, deixando o serviço mais efetivo e mais amplo. Após o resgate, o abrigo trata o animal dependendo da sua situação e necessidade, o encaminha para tratamento veterinário e a partir daí encaminha o bicho para lares novos. Beatriz ressalta que uma das maiores dificuldades é a falta de amparo por parte do Governo de Minas, que não dá nenhum apoio ou cobertura. Ela se orgulha de ‘’fazer sua parte’’ para ajudar os animais que vivem nesta situação de abandono, mas não se considera uma ativista.

Foto: Fernanda Abdo

Outra grande dificuldade encontrada pelo abrigo, é para realizar a adoção. ‘’Quando nós começamos, a cerca de 3 anos atrás, as pessoas não queriam adotar cães vira-lata. Não existia isso. É muito bom ver que isso esteja mudando. Outro grande obstáculo, é o número de cachorros de rua que chegam com leishmaniose, carrapato, ou com alguma outra virose’’ Ressaltou a fundadora. Ela acrescenta dizendo que as viroses são extremamente contagiosas, mas que o abrigo tem um resultado muito bom com o tratamento principalmente contra as doenças do carrapato e leishmaniose. A reabilitação é rápida na maioria dos casos, quando são possíveis.

Para saber mais sobre a situação dos cachorros abandonados em Belo Horizonte, clique aqui

Foto: Fernanda Abdo